8.5.11

Meu coração, não sei por quê...


Faz dois anos que não escrevo aqui. De lá para cá, meu filho cresceu e apareceu, corre, fala, vai para a escola e me dá um nó. Mudei de cidade e de trabalho. Mudei de vida (mas o marido continua o mesmo... rs).

O tempo para cozinhar continua pra lá de escasso. E, quando pinta, é tomado por pratos pouco inspirados, porém necessários quando se tem criança pequena em casa: arroz, feijão, proteína, legumes - e a criatividade culinária que ainda resta é gasta para tentar fazer este último item ser consumido.

Bem aos poucos tento retomar o prazer de cozinhar, recuperando algumas receitas antes de me aventurar em novas. Neste Dia das Mães, fui de spekulatius, a pedidos do marido.

Algumas observações antes de começar:
- Essa é uma receita europeia. No calor dos trópicos, é preciso levar a massa à geladeira entre uma fornada e outra, pois perde rapidamente a elasticidade;
- Rende bastante. Ou seja, peça ajuda ou prepare-se para ficar várias horas na cozinha;
- Os biscoitos assam rapidamente e são retirados quando as bordas estão bem douradas e o centro, um pouco mais claro. Cuidado para não torrar uma fornada, como eu fiz. Controlar a temperatura do forno é essencial.

Spekulatius
- 4 xícaras de farinha de trigo
- 5 colheres de chá de fermento em pó
- 1 1/2 xícara de amêndoas torradas sem pele
- 1 xícara de açúcar mascavo
- 1/2 xícara de açúcar refinado
- 1 1/2 colher de chá de cravo em pó
- 1 colher de chá de noz moscada em pó
- 2 colheres de chá de canela em pó
- 1/2 colher de chá de gengibre em pó
- 1/2 colher de chá de cardamomo em pó
- 2 ovos em temperatura ambiente
- 200 gramas de manteiga gelada sem sal

Triture a amêndoa torrada no processador até ficar quase uma farinha, mas ainda conservar alguns pedacinhos. Misture com todos os demais ingredientes secos, muito bem.

Acrescente os dois ovos e a manteiga gelada em pedaços e amasse com os mãos devagar, para a manteiga derreter com o calor e formar uma massa uniforme.

Abra em uma superfície lisa com farinha, e mantenha a espessura fina. Corte, asse em assadeira untada até as pontas dourarem e deixe esfriar em uma grade. Guarde apenas quando estiver frio.

Um comentário:

Fabiane disse...

Não conhecia, maluca, isso que trabalhei dois anos ao seu lado! Amei! Mais! Mais! Mais!
Bjocas,
Fabi Leite