19.3.08

Tem pão velho, moça?

Aí uma amiga querida trouxe um montinho de ramos de alecrim perfumadíssimo para mim.

Aí lembrei de uma receita da Rita Lobo, no Panelinha, e resolvi fazer. Mas não deu certo... Ficou massudo demais, fofo de menos, com pouco sal. Terá sido falta de sova? Deveria ter deixado mais na batedeira? Foi o fermento? O tempo cinzento e friorento?

Bom, aí está a receita. Será que alguém sabe o que aconteceu?

Pão integral de alecrim
- 2 ramos de alecrim
- 1 xícara de água morna
- 2 xícaras de farinha de trigo
- 1 xícara de farinha de trigo integral
- 10 gramas de fermento seco para pão
- 3 colheres de sopa de azeite de oliva
- Óleo de canola para untar
- Sal a gosto (usei uma colher de sobremesa rasa; não foi suficiente)

Desfolhe um dos ramos de alecrim e reserve. Numa panelinha, coloque a água e o ramo inteiro de alecrim. Leve ao fogo médio e, quando ferver, desligue. Retire o alecrim.

Numa tigela grande, misture bem as farinhas e o fermento. Faça um buraco no centro, acrescente a água morna, o azeite e o sal. Trabalhe a massa do centro para fora, incorporando os ingredientes até formar uma bola.

Sob uma superfície enfarinhada, sove a massa de pão por 10 minutos até ficar lisa e elástica. Faça uma bola com a massa. Unte o fundo de uma tigela grande com azeite. Coloque a massa e pincele-a com um pouco de azeite. Cubra com um pano de prato limpo e deixe crescer por 1 hora ou até dobrar de tamanho.

Transfira a massa crescida para uma superfície enfarinhada e aplaine com os dedos. Salpique com as folhas de alecrim. Dobre a massa e sove-a até que as folhas estejam uniformemente distribuídas. Modele o pão em formato ovalado com cerca de 25 x 10 cm. Unte uma assadeira grande com óleo. Transfira a massa para a assadeira e faça cortes superficiais no sentido da largura do pão. Pincele com o azeite de oliva restante, cubra e deixe crescer por 30 minutos.

Preaqueça o forno a 180°C (temperatura média). Pincele o pão com mais azeite e leve ao forno para assar por cerca de 35 minutos ou até que esteja dourado. Para verificar se está assado, bata na parte de baixo do pão (como se estivesse batendo numa porta) e observe se produz um som oco. Caso contrário, deixe assar mais um pouquinho. Quando pronto, coloque o pão sobre uma grade e deixe esfriar.

3 comentários:

Agdah disse...

Êita que meu quintal tá cheio de alecrim...

Gourmandise disse...

Difícil de dizer...talvez falta de sova ou excesso de fermentação final...
Qdo estiver muito frio, feche a cozinha e ligue o forno baixo, deixando o pão crescer perto.
Uma vez postei sobre possíveis defeitos de pães (http://gourmandisebrasil.blogspot.com/2007/11/defeitos-de-pes.html).
bjo,
Nina.

A simplicista... disse...

Oi, Nina
Vou dar uma olhadinha lá em suas dicas. Obrigada!

Agdá, o cheiro é ma-ra-vi-lho-so.