20.9.07

Corrente do bem

Tão maluca essa vida, não? Um ano atrás, eu estava no meu mundinho, cuidando da minha vidinha e cozinhando de vez em quando, achando que era uma doidivanas por curtir panelas.

Hoje eu mantenho um blog de comida, sinto falta de visitar minhas amigas virtuais e experimento receitas e dicas de lugares distantes no meu dia-a-dia, com uma naturalidade que ainda me impressiona. Escancarei minha verve caseira, enriqueci meu cotidiano, incorporei na minha vida pessoas que não conheço pessoalmente e me aproximei de outras que estavam distantes.

Aqui está um exemplo do que falo. Estava com um monte de maçãs em casa, mas não queria fazer torta nem strudel. Queria porque queria bolo. Comecei a procurar nos blogs amigos e nos blogs dos amigos dos amigos. Caí no site da Dadivosa, onde encontrei a receita ideal.

Pois a receita da Dadivosa, veja bem, foi adaptada de outra que ela viu num blog amigo português.

Por sua vez, a dona do sítio aprendeu a receita com a tia dela, a Micá.

Tia Micá não conheço, mas a bendisse assim que o bolo começou a soltar um cheiro delicioso, ainda no forno. Se fosse católica, adicionaria a tia Micá na minha reza. À Dadivosa, à dona do blog português e à tia Micá, meus profundos agradecimentos!

Agora é sua vez: a receita está aqui. Três pessoas testaram e muito aprovaram. Que tal tentar você também? ;)

Bolo de maçã da tia Micá
(com adaptações da Dadivosa e uma pouca mudança da Simplicista)
- 3 xícaras de maçã picadinha (três maçãs pequenas)
- Suco de limão para não escurecer a maçã
- 3/4 de xícara de óleo
- 1 xícara de iogurte natural
- 1 e 1/2 xícara de farinha de trigo branca
- 1/2 xícara de farinha de trigo integral
- 2 xícaras de açúcar mascavo
- 1/2 colher de sopa de noz moscada ralada na hora
- 1 colher de sopa rasa de canela em pó
- 2 ovos
- 1 colher de sopa rasa de fermento em pó

Ligue o forno. Com um batedor de arame, misture o açúcar mascavo com os ovos até que não haja mais nenhum gruminho. Junte o óleo e misture.

Adicione as farinhas, previamente peneiradas e misturadas com o fermento, a noz moscada e a canela, e mexa mais um pouco. A massa vai endurecer. A Dadivosa conseguiu continuar com seu fouet, mas eu tive de partir para uma colher de pau. Junte o iogurte e incorpore. Por último, misture os cubinhos de maçã.

Despeje a massa em forma untada e polvilhada com farinha e leve ao forno até que, ao enfiar um palito no meio da massa, ele saia limpo.

8 comentários:

Dadivosa disse...

Cristina, que bela foto e que delícia de texto! Agarrou-me uma vontade de refazer esse bolinho, até.
Muito obrigada pelas doces palavras e pela menção ao site. Vou incluir seu cantinho na minha lista de leituras (hoje em dia não tão) diárias.
beijo grande e vida longa ao seu blog tão querido

A simplicista... disse...

Oi, Dadivosa!
Fico muito feliz por sua visita.
Mantive a receita bem do jeito que você escreveu, só inserindo algumas mudancinhas minhas.
Obrigada pelo contato e volte sempre, que a casa é sua!
beijo

laila disse...

ai que dleicia! é a internet dsponibiliza essas maravilhas para todas...basta saber procurar! bjos

Laurinha disse...

Que delícia, maçã e canela, tudo de bom! Adorei!
Beijinhos,

Marizé disse...

Adorei lêr o seu texto, e me revi nele! O bolo está lindo, minha mãe faz um muito parecido, e ela não navega na internet, nem tenho nenhuma tia Micá, tenho de lhe perguntar onde ela aprendeu.
Beijocas e bom fim de semana

A simplicista... disse...

Laila, você sabe bem do que fala!

Laurinha, essa receita é mesmo tuuuuudo de bom!

Marizé, se você descobrir, me conta? Seria muito engraçado se ela conhecesse a tia Micá...

Dani Toré disse...

Oi Cris,
Essa é a primeira vez que visito a sua cozinha, mas com certeza absoluta, vou voltar sempre!
Muito bacana seu blog e suas receitas.
Parabéns!
Bjs e ótimo final de semana.

A simplicista... disse...

Oi, Dani
Obrigada e volte mesmo!