1.6.07

Lição de fonética

Em Joinville, toda panificadora que se preze tem schneck (ou shineck? ou chineq?) todo dia, o dia inteiro, meio como acontece com o pão francês em São Paulo.

Ouvi falar que existe um tal schneck francês, massa folhada com chocolate. Não é esse. Refiro-me a um bichinho que poderia ser um pão, mas não é; a massa lembra da cuca, mas não é - ainda que a farofinha em cima seja a mesma; deveria ser salgado, mas não é; também não é doce. É gordo, fofo e aceita tanto uma manteiguinha como uma geléia - pessoalmente, prefiro com melado.

É unanimidade como parte do lanche alemon - quando sai do forno, hmmmmm... Só o nome não goza da mesma facilidade. É schnek? xinék? chineck?

6 comentários:

laila disse...

o nome é o de menos, bom mesmo é provar essa delicia! bjos

A simplicista... disse...

Falou e disse!
bj

Ana disse...

Oi
Aqui em Curitiba eles são, em geral, escrito da forma mais simples possível: chineque.
Mas concordo com a Laila, o bichin é bom independente do nome!

bjo

A simplicista... disse...

Oi, Ana!
"Chineque" não tinha pensado ainda. Pelo menos não há dúvidas sobre a pronúncia, né?
:)

beijo e brigada!

Pikachu disse...

O correto é "chineque" e ele é composto de massa de de pão, conheido aqui como "massinha" e possui a farofa da cuca (ou cuqie a quem preferir).

Eu adoro, tanto faz, tradicional, com banana ou creme.

Dom Adriano disse...

SCHNECKE significa caracol em alemão. E é pela forma do pão doce que ele leva esse nome. Abraços!