7.1.08

Reciclagem

"O pato vinha cantando alegremente
'Quém, quém!'
Quando o marreco sorridente pediu
Para entrar também no samba."

Crepe de pato com camembert
- 1 xícara de farinha de trigo
- 2 ovos
- 1/2 xícara de leite desnatado
- 1/2 xícara de água + um tantinho, se precisar
- 1/4 de colher de chá de sal
- 2 colheres de sopa de manteiga derretida
- Carne desfiada do pato assado para a ceia de reveillón :)
- Nacos de camembert
- Sálvia fresca

Bata os ovos e misture com a farinha. Acrescente aos poucos o leite e a água, depois o sal e a manteiga, até a massa ficar uniforme.

Se tiver crepeira, bem; se não, jogue em uma frigideira antiaderente quente, girando-a até a massa tomá-la toda - quanto mais fino o crepe, melhor. Deixe dois minutos de cada lado e, se quiser, coloque uma folha de papel-toalha entre cada um.

Recheie enquanto quente, de preferência, para o queijo derreter. Tempere com azeite, folhas rasgadas de sálvia e o que mais quiser.


4 comentários:

Gourmandise disse...

Gostei da comniação pato+ cammembert!
bom 2008,
Nina.

A simplicista... disse...

Oi, Nina
O par realmente funcionou muito bem. Aliás, da próxima vez coloco mais queijo - esses crepes da foto ficaram um tantinho seco, já que economizei no camembert... avareza nunca presta, tsk.
Um ótimo 2008 para você também!

risonha disse...

será que eu também posso entrar no samba? lol
é que o ritmo está muito bom

A simplicista... disse...

Venga!
:D