21.5.07

Cardápio noturno básico

Na melhor das hipóteses, chego às 21h em casa. Ainda que meu ritmo seja diferente, e eu durma e acorde tarde, haja pique para cozinhar quando boa parte do mundo começa a se deitar.

Por isso ataco de massa, volta e meia: penne, farfalle e afins nunca faltam, todos grão duro para não me preocupar com o hipercozimento. Muitas vezes minha escolha é molho de tomate com manjericão, minha especialidade pouco calórica. Mas, como variar é bom para a cuca e o paladar, tenho uma ou outra receita na manga.
Uma delas aprendi com a amiga Gi e adapto de acordo com os ingredientes disponíveis na geladeira. Na semana passada ficou assim:

Espaguete com molho de gorgonzola
- 200 a 300 gramas de gorgonzola
- 3/4 xícara de creme de leite fresco (pode trocar por requeijão e leite normal)
- 1/5 xícara de vinho branco seco (pode deixar de lado, se não tiver)
- 1 dente de alho
- 3 fatias finas de cebola, cortadas beeeem (acho até que fica melhor sem)
- 1/2 colher de sopa de manteiga
- Pimenta branca e noz moscada ralada a gosto; se resolver salgar, tome cuidado

Coloque a água para ferver com um fio de azeite, uma colher de sobremesa de sal e uma folha de louro enquanto separa os ingredientes do molho - se demorar para ferver, aproveite para já ralar o parmesão que vai por cima de tudo, no final, e colocar a mesa. Água fervida, coloque a massa e conte o tempo (que varia de acordo com o tipo de massa; procure a indicação na embalagem, pazzo).

Derreta a manteiga, acrescente o alho e/ou a cebola e deixe pegar cor, sem queimar. Coloque a gorgonzola em pedaços com o vinho branco e derreta. Acrescente o creme de leite e os temperos, mexa e deixe engrossar um pouco. Enquanto isso, prove a massa, que precisa estar cozida al dente. Escorra, sirva e coloque o molho por cima. Polvilhe com o parmesão e coma ainda quente!

2 comentários:

laila disse...

ai essa tbm deve ser mto boa!!!adoro gorgonzola...

A simplicista... disse...

Olha, não como carne vermelha, mas dizem que esse molho num filé fica o bicho.